Para tirar o Brasil do mapa da fome

a retomada das políticas de Segurança Alimentar e Nutricional

Autores

  • Lilian Rahal Secretaria Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional
  • Erick Brigante Del Porto Secretaria Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional
  • Márcia Muchagata Secretaria Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional

Palavras-chave:

Segurança Alimentar e Nutricional, Combate à fome, Sociedade Civil, Intersetoriedade das políticas

Resumo

As políticas públicas de segurança alimentar e nutricional estão sendo retomadas em um momento em se fazem necessárias mais do que nunca. A experiência brasileira nesse campo é um exemplo para o mundo até mesmo no seu desmonte: ela nos ensina que não podemos descuidar da pobreza e da fome jamais. Anos de orçamentos reduzidos, desmobilização de equipes e perda de centralidade estratégica comprometeram um trabalho árduo, de mais de 35 anos, e nos trouxeram de volta ao Mapa da Fome das Nações Unidas, de onde o país tinha saído entre 2015 e 2018. Houve um rápido desmantelamento de um trabalho iniciado com a Constituição de 1988, quando um conjunto de políticas de proteção social começou a ser posto em prática e que fez do Brasil um celeiro de iniciativas bem-sucedidas de combate à fome e à pobreza, com ativa participação da sociedade civil. O Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional, o Consea, é um símbolo desta luta. Criado em 1993, foi duas vezes extinto, mas mesmo durante esses hiatos, a sociedade civil permaneceu atuante. Se hoje sabemos quem são e onde estão as 33 milhões de pessoas em situação de insegurança alimentar é graças à Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede PenSSAN), formada por pesquisadores, educadores e extensionistas, que organizou dois Inquéritos Nacionais sobre Insegurança Alimentar no contexto da Covid-19 no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lilian Rahal, Secretaria Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional

Lilian dos Santos Rahal é graduada em ciências sociais e mestre em sociologia, servidora pública federal da carreira de especialista em políticas públicas e gestão governamental. Atuou como secretária e secretária adjunta da Secretaria de Segurança Alimentar e Nutricional do Ministério do Desenvolvimento Social, como chefe de gabinete da Secretaria Nacional de Agricultura Familiar do Ministério do Desenvolvimento Agrário, como assessora da Secretaria Especial de Desenvolvimento Social do Ministério da Cidadania e atualmente está em exercício no Conselho Administrativo de Desenvolvimento Econômico - Cade, especificamente na Divisão de Planejamento.

Erick Brigante Del Porto, Secretaria Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional

Gerente de Projeto da Secretaria Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, Membro da carreira de Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental (EPPGG) do Ministério da Economia desde 2000. Mestre em Desenvolvimento Econômico pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Entre outros trabalhos, atuou nos Programas Comunidade Solidária, Fome Zero e Brasil Sem Miséria. Atualmente, faz parte da equipe de assessoria da Secretaria Especial de Desenvolvimento Social do Ministério da Cidadania.

Márcia Muchagata, Secretaria Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional

Gerente de Projeto da Secretaria Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, Ph.D. em Estudos do Desenvolvimento pela University of East Anglia, com mestrado em Agricultura, Meio Ambiente e Desenvolvimento pela mesma universidade. Engenheira Agrônoma pela ESALQ/USP, tem atuação de caráter multidisciplinar, com particular interesse em temas relacionados às interfaces entre pobreza e meio ambiente. Tem desenvolvido atividades nos campos da gestão pública, pesquisa e ensino. Foi extensionista rural, pesquisadora e docente ligada à Universidade Federal do Pará, pesquisadora associada da School of Development Studies - University of East Anglia e consultora para organismos internacionais como GiZ, FAO e PNUD. Desde 2004 é membro da carreira de Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental, ligada ao Ministério da Inovação e Gestão, desenvolvendo atividades de formulação, implementação e avaliação de políticas públicas nos Ministérios do Desenvolvimento Agrário, da Cultura e do Meio Ambiente e atuado como pesquisadora na Fiocruz Brasília. No momento é Coordenadora- Geral no Gabinete da Secretaria de Segurança Alimentar e Nutricional, no Ministério de Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome.

Downloads

Publicado

2024-05-27

Como Citar

RAHAL, Lilian; DEL PORTO, Erick Brigante; MUCHAGATA, Márcia. Para tirar o Brasil do mapa da fome: a retomada das políticas de Segurança Alimentar e Nutricional. Diálogos Socioambientais, [S. l.], v. 7, n. 18, p. 30–33, 2024. Disponível em: https://periodicos.ufabc.edu.br/index.php/dialogossocioambientais/article/view/506. Acesso em: 15 jul. 2024.

Edição

Seção

Conjuntura