Desafios da indústria 4.0 no contexto brasileiro

uma revisão de literatura

Autores

  • Elaine Maria de Moura Souza PUC Goiás

DOI:

https://doi.org/10.36942/iande.v5i1.128

Palavras-chave:

Indústria 4.0, Quarta revolução Industrial, Indústria Brasileira, Possibilidades Industriais

Resumo

este artigo tem como objetivo destacar as principais transformações da economia global que condicionaram o desenvolvimento industrial brasileiro e suas possiblidades de avançar em direção a uma estrutura produtiva mais robusta. O estudo faz uma revisão da literatura objetivando investigar os desafios para a implantação da Indústria 4.0 no Brasil – tida como a quarta revolução industrial. Argumenta-se que o debate sobre o processo de industrialização no Brasil não aprofundou na discussão sobre os limites e possibilidades de desenvolvimento industrial brasileiro por não considerar adequadamente as transformações, associadas principalmente ao acirramento da concorrência global e à reorganização das empresas transnacionais. O texto tece um histórico da revolução industrial nas suas três primeiras fases que foram profundamente estudadas pela Economia, História e Geografia ao longo dos quatro últimos séculos, resgatando as principais características de cada uma das fases. Ainda aborda a diversidade de inovações disruptivas e as possibilidades da indústria nacional em relação à Indústria 4.0, apontadas no texto como possíveis, mas condicionadas à definição de políticas públicas para ciência e tecnologia e investimento em educação profissional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Arbix, G. et al. (2017). O Brasil e a nova onda de manufatura avançada: o que aprender com Alemanha, China e Estados Unidos. Novos estud. CEBRAP [online]., 36(3), 29-49, 2017.Recuperado em 10 janeiro, 2019, de http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0101-33002017000300029&lng=en&nrm=iso&tlng=pt
Azevedo, M. T. de. (2017). Transformação Digital na Indústria: Indústria 4.0 e a rede de água inteligente no Brasil. Tese de Doutorado, Universidade de São Paulo, São Paulo, Brasil. Recuperado em 10 maio, 2019, de https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/3/3142/tde-28062017-110639/publico/MarceloTeixeiradeAzevedoCorr17.pdf
Balasingham, K. (2016). Industry 4.0: securing the future for german manufacturing companies. Dissertação de Mestrado, University of Twente, Twente. Recuperado em 15 março, 2019, de https://essay.utwente.nl/70665/1/Balasingham_BA_MA.pdf. Acesso em: 15 mar. 2019.
Brasil. Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. (2013). Recuperado em 15 janeiro, 2019, de http://www.mctic.gov.br/portal.
CNI. Confederação Nacional da Indústria. (2017). Indústria 2027 – Riscos e Oportunidades para o Brasil Diante das Inovações Disruptivas. Campinas: Inst. de Economia da UFRJ Inst. de Economia da UNICAMP. Recuperado em 10 maio, 2019, de http://www.ie.ufrj.br/images/detalhamento_dos_impactos_sobre_os_sistemas_produtivos_33952.pdf
De Negri, F. (2018). Novos caminhos para a inovação no Brasil. Washington, DC: Wilson Center.
Isenberg, D., & Onyemah, V. (2016). Fostering scaleup ecosystems for regional economic growth. Innovations - Thriving Cities, 11(1/2), 60-79.
Schwab, K. M. (2016). A quarta revolução industrial. (D. M. Miranda, Trad.). São Paulo: Edipro.
Schwab, K. M., & Davis, N. (2018). Aplicando a quarta revolução industrial (D. M. Miranda, Trad.). São Paulo: Edipro.
Schwartzman, S., & Christophe, M. (2009). A Educação em Ciências no Brasil. Rio de Janeiro: Instituto de Estudos do Trabalho e Sociedade.
Sebrae. Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (2016). Recuperado em 10 janeiro, 2019, de http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae
Silva, J. C. da. (2015). Fábrica POLI: concepção de uma fábrica de ensino no contexto da Indústria 4.0. Trabalho de Conclusão de Curso, Universidade de São Paulo, São Paulo, Brasil. Recuperado em 10 fevereiro, 2019, de http://pro.poli.usp.br/trabalho-de-formatura/fabrica-poli-concepcao-de-uma-fabrica-de-ensino-no-contexto-da-industria-4-0/
Silva, M. C. (2017). Análise do escossistema empreendedor brasileiro e dos fatores críticos de sucesso para a questão de incubadoras de empresas. Tese de Doutorado, Universidade de Campinas, Campinas, São Paulo. Recuperado em 10 janeiro, 2019, de http://repositorio.unicamp.br/bitstream/REPOSIP/322007/1/Silva_MarioCesarda_D.pdf

Publicado

2021-04-05

Como Citar

SOUZA, E. M. DE M. Desafios da indústria 4.0 no contexto brasileiro: uma revisão de literatura. ÎANDÉ : Ciências e Humanidades, v. 5, n. 1, p. 44 - 57, 5 abr. 2021.