Governança metropolitana de riscos:

Câmara Temática Metropolitana CTM-GRA e as Cartas Geotécnicas de Aptidão

Autores

  • Renata Maria Pinto Moreira Universidade Federal do ABC
  • Jeroen Johannes Klink Universidade Federal do ABC

Palavras-chave:

Governança metropolitana, Governança de Riscos, Gestão de Riscos, Cartografia geotécnica

Resumo

O Estatuto da Metrópole constituiu as funções públicas de interesse comum para fomentar espaços institucionais compartilhados para o planejamento e a gestão dos territórios metropolitanos. A gestão dos riscos representa uma destas funções estratégicas. O artigo relata o acompanhamento de novas instâncias de representação voltadas à gestão dos riscos na escala metropolitana em São Paulo. Os trabalhos da Câmara Temática Metropolitana de Gestão de Riscos Ambientais, CTM-GRA, vinculada ao Conselho de Desenvolvimento Metropolitano, se mostram exemplares de um processo de governança interinstitucional compartilhada, que deve ser analisado numa perspectiva incremental para a governança dos riscos. As análises sobre a experiência revelam também limites de método para desenhar uma organização preventiva dos riscos que, se não tratados por uma instância de representação regional, podem se tornar riscos não gerenciados, “sem donos”.

Biografia do Autor

Renata Maria Pinto Moreira, Universidade Federal do ABC

Professora adjunta de Planejamento Ambiental e Urbano na Universidade Federal do ABC, na área de Engenharia Ambiental e Urbana. Graduada, mestre e doutora pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo com pesquisas nos temas de Infraestruturas e Serviços Urbanos – especialmente saneamento, Gestão de Riscos Urbanos e urbanização de assentamentos precários. Experiência profissional principalmente com o desenvolvimento de projetos para intervenções em favelas e assentamentos precários. Acompanhou a CTM-GRA desde 2017.

Jeroen Johannes Klink, Universidade Federal do ABC

Jeroen Johannes Klink é doutor em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de São Paulo, mestre em Economia Internacional e Economia Financeira pela Universidade Católica de Brabant, Tilburg–Holanda. Acumulou experiência profissional como consultor e pesquisador em países como Holanda, Espanha, Turquia, Alemanha, Índia, África do Sul e Brasil. Na Holanda foi membro do corpo docente permanente do Institute for Housing and Urban Development Studies (Universidade de Erasmus - Roterdã). No Brasil, trabalhou durante nove anos no governo local, onde ocupou cargos como Secretário de Desenvolvimento e Ação Regional da Prefeitura de Santo André e Diretor Suplente na Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC. Atualmente é Professor Associado na Universidade Federal do ABC (UFABC).

Publicado

2021-11-11

Como Citar

PINTO MOREIRA, R. M. .; JOHANNES KLINK, J. . Governança metropolitana de riscos:: Câmara Temática Metropolitana CTM-GRA e as Cartas Geotécnicas de Aptidão. Diálogos Socioambientais na Macrometrópole Paulista, v. 4, n. 12, p. 31-33, 11 nov. 2021.