Biogás no Brasil e na MMP

Barreiras de Difusão e Mecanismos de Incentivo

Autores

  • Bruno Alves Pereira Graduando em Engenharia Ambiental pela Escola Politécnica da USP

Palavras-chave:

Biogás, Biometano, Energias Renováveis, Políticas de Incentivo, Potencial Energético

Resumo

Apesar das potencialidades que possuímos para a consolidação da cadeia de valor do biogás, ainda enfrentamos barreiras estruturais relativas ao conhecimento da tecnologia e ao ambiente econômico-financeiro que precisam ser bem descritas e discutidas com os atores do setor para seu enfrentamento com propostas assertivas que permitam seu pleno desenvolvimento no país. Mesmo com os entraves, o biogás tem experimentado um crescimento exponencial, exemplificado pela construção de 10 novas plantas na Macrometrópole Paulista após 2015, mais que dobrando o número de plantas na região.

Biografia do Autor

Bruno Alves Pereira, Graduando em Engenharia Ambiental pela Escola Politécnica da USP

Graduando em Engenharia Ambiental pela Escola Politécnica da USP. Já atuou, ao longo da graduação, em atividades de pesquisa e iniciação científica no LabSan (PHA-USP), LMS (PEF-USP), RCGI e Laboratório de Desenvolvimento de Biocombustíveis (IEE-USP), principalmente nas áreas de Tratamento de Resíduos Orgânicos e Tecnologias Waste-to-Energy.

Publicado

2020-12-16

Como Citar

ALVES PEREIRA, B. . Biogás no Brasil e na MMP: Barreiras de Difusão e Mecanismos de Incentivo. Diálogos Socioambientais na Macrometrópole Paulista, v. 3, n. 09, p. 32-34, 16 dez. 2020.

Edição

Seção

Jovem Pesquisador