Os Desafios da estratégia nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação – ENCTI 2016/2022

Federalismo e Política Pública de CT&I no Brasil

Autores

  • Leopoldo Gomes Muraro Universidade de Brasilia - UnB
  • Cristina Castro-Lucas Universidade de Brasilia - UnB

DOI:

https://doi.org/10.36942/reni.v6i1.432

Palavras-chave:

Federalismo; Políticas públicas; Ciência e Tecnologia; Inovação.

Resumo

O Governo Brasileiro vem elaborando documentos oficiais sobre a política pública de Ciência, Tecnologia e Inovação – CT&I no País. Para o período de 2016 a 2022, foi publicado o documento intitulado Estratégia Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação – ENCTI, contendo várias previsões, dentre elas, cinco desafios. O presente artigo, fundado na teoria do federalismo, analisa estes desafios por intermédio de dados contidos num relatório oficial do Senado Federal e entrevistas realizadas com dois Diretores do Governo Federal. Trata-se de um estudo de caso, de natureza descritiva e qualitativa. Mediante a análise de conteúdo, os cinco desafios foram categorizados e, a partir das informações do documento do Senado Federal e das percepções das autoridades entrevistadas, foi realizada a descrição e análise dos desafios dentro do atual cenário brasileiro. Este artigo contextualiza e aprofunda os estudos sobre federalismo e políticas públicas de CT&I no Brasil para pesquisadores, acadêmicos, empresários e agentes públicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2021-04-19

Como Citar

Gomes Muraro, L., & Castro-Lucas, C. (2021). Os Desafios da estratégia nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação – ENCTI 2016/2022: Federalismo e Política Pública de CT&I no Brasil. Revista De Empreendedorismo, Negócios E Inovação, 6(1), 04 - 30. https://doi.org/10.36942/reni.v6i1.432

Edição

Seção

Artigos